Número total de visualizações de página

Google Translate - Clicar no idioma que preferir

domingo, 13 de dezembro de 2009

Douceur de Vie

Douceur de Vie
CLIK
http://haskell.cs.yale.edu/keith/2006/jorge.html
j.campos@usz.ch

Jorge Campos "Apoia" Crianças desfavorecidas

O artista plástico Jorge Campos, natural da Póvoa de Lanhoso e a residir em Zurique desde 1991 ofereceu a “Freiheit” (Liberdade) uma valiosa peça, à “World of Imagine”, instituição fundada em Paris e Genebra, que se dedica entre outras actividades, à protecção de crianças desfavorecidas.

Jorge Campos é um autodidacta já convidado por duas vezes pela presidência da República a expor em Portugal, aquando as comemorações do Dia de Portugal em Viana do Castelo e recentemente em Lisboa, eventos esses onde participaram artistas como Júlio Ventura, Diogo Pimentão e a renomeada Paula Rego entre outros.

O certame no qual ele ofereceu a peça, decorreu no prestigiado “Grand Dolder Hotel” em Zurique, durante a segunda edição do “Night´s Dream Ball” onde foi convidada de honra Gloria Gaynor. Houve animação e glamour quanto baste.

A dádiva trata-se de uma peça de cor preta, com a altura de dois metros e 66 kg de peso. Foi executada com tubos de água e no topo, adornada com um enorme “diamante” de vidro. Foi leiloada e adquirida pelo valor de 30 mil francos suíços, os quais reverteram inteiramente a favor de crianças desfavorecidas.

Com esta iniciativa, Jorge Campos pretende alertar consciências e apela, que na medida do possível todos colaborem “com organizações credíveis” e que “digamos não às pessoas que exploram crianças” e remata dizendo que “se todos dermos um pouco de nós, poderemos dar muitas alegrias e tornar realidade muitos sonhos e desejos de crianças que nada têm”.


http://www.lanhosotv.com/news/jorge%20campos%20%22apoia%22%20crian%c3%a7as%20desfavorecidas1/

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Expo Viana do Castelo, Jorge Campos com o Presidente da Repúblca 2008,

Jorge Campos, Presidente da República Portuguêsa e esposa



 O Autodidacta, Jorge Campos, participou na exposição produzida pelo “Museu da Presidência da República.


Biografia: Jorge Campos - Campos da Silva Jorge Manuel, nascido em Portugal a 19 de Maio de 1974. País onde estudou e viveu até aos 17 anos, sito na freguesia de Frades do conselho de Póvoa de Lanhoso. Em 1991 emigrou para a Suíça, cidade de Zurique, onde reside. Têm como profissão, auxiliar analista clínico. O Jorge tem o privilegio de dominares algumas línguas, dado que se entrega à comunidade onde vive. A arte sempre o fascinou, por isso sempre procurou canalizar as suas energias e os seus “sonhos” para todas as expressões artísticas. O Autodidacta Jorge Campos, vai estar presente na inauguração no dia 10 de Junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, em Viana do Castelo, numa exposição produzida pelo “Museu da Presidência da República”, com presença do Presidente da República, “Cavaco Silva”, que pretende reunir artistas portugueses ou luso-descendentes actualmente a viver no estrangeiro. Seguidamente irá estar em várias exposições d; arte, seguido a Viana, nomeadamente, no “Museu da Presidência da República, no Palácio Nacional de Belém.”Introdução: As suas criações de arte, como os seus candeeiros, exemplo: peças artísticas em pedra, torno de prensa em madeira, metais e um pouco de tudo, que de velho, se dá “vida à vida”, para além dos quadros em tela. Tudo isto, são frutos espontâneos e momentos vivos e vividos na sua vida, e estadias em cidades onde têm passado, e países que visitou... Nenhuma obra é igual à anterior, todas têm um significado próprio. Para o Jorge Campos, justifica o momento que o inspirou. Não só neste ponto de vista, também um dos motivos da criação destas peças únicas são de facto o máximo aproveitamento de peças condenadas e dar-lhe uma nova identidade! “Restos de materiais ou materiais já não utilizados e a ponto de serem reciclados” Uma vez que todas elas deixaram de ter utilidade à primeira vista. Jorge Campos procura nelas uma conjunção entre “Arte” e “Design”. Tenta entre o aproveitamento antigo, fazer obras contemporâneas, com um estilo jovem e com uma utilidade, tendo uma peça de decoração única e diferente. Enfim o lúcido aproveitamento de utilização e de ideias! Água e luz: simboliza “a Reencarnação”. Todas estas obras são um pouco a vida do artista... Entregou-as aos seus “sonhos” e são estes mesmos “sonhos” que preenchem grande parte da sua vida… Para o Jorge Campos é gratificante que as gentes da sua raça apreciem as suas obras D., arte, pela cultura e dêem-lhe mais valor, que o próprio valor e sonhos... Faço das palavras do Jorge as minhas palavras.

O Autodidacta Jorge Campos, está a dar continuidade, juntamente com outros escultores, desde a inauguração no dia 10 de Junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, em Viana do Castelo, numa exposição produzida pelo “Museu da Presidência da República”, A exposição, desde então tem tido muita aderência, já por lá passaram mais de 30.000 visitantes, a continuidade em Viana deve-se ao êxito que perdura. Na altura teve como presença os convidados de honra, Ex. mos Senhores; Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso (Manuel Batista), e Vereadora (Fátima Moreira), o inspirador “Quelhas”, e dois amigos vindos de Espanha, e o nosso Presidente da República, “Cavaco Silva”, este, que pretende reunir artistas portugueses ou luso-descendentes actualmente a viver no estrangeiro. Seguidamente, Jorge, irá estar em várias exposições D; Arte, seguido a Viana, nomeadamente, no “Museu da Presidência da República, no Palácio Nacional de Belém.”

Entrega da escultura ao Colecionista

Entrega da escultura com o Titulo ( Lichtblick) ao Colecionista ao colecionista Jurg Meyer 07/10/09

Titulo ( Il Grande Illumidor )& ( Big Light )

Il Grande Illumidor 2006

Titulo ( Züriberg ) & ( Joseph )

Zuriberg,culeccionista Hoek Keith 2005

Titulo ( Wasser Fluss ) & ( Severina )


Wasser Fluss 2005

Bild

Ontem e Hoje

(Ontem e Hoje) Jorge Campos 2006
Hiere et Aujourd'hui.

(Ontem e Hoje)

Hier et aujourd'hui (Ontem e Hoje)


(Ontem e Hoje)


Ontem e Hoje)


Ontem tinha um coração forte e cheio como uma Lua em Agosto. E corria e gritava em voz alta como um pequeno menino entre os campos do meu País onde descobria a beleza da Natureza.
Este latido do coração em voz alta muitas vezes, devido à alegria, dor e tenção física, mas nunca tão forte como quando a vi pela primeira vez, uma pulsação forte que fez calar tudo como se o tempo se tivesse congelado, como todos os sentidos do Mundo tivessem concentrado nesta criatura…
A este coração que amo sem lógica, sem limites, sem cauções, usando a força e emoções por inteiro: Como se alguém cantasse a canção embriagada do Amor, cheia de ritmos frenéticos, os ritmos da dança da vida…
A vida nunca pára de mudar. Por estas mesmas razões, às vezes pudemos sofrer profundamente o desejo não comprido, os sonhos não realizados, amantes enganadores, amizades que morrem, a gente que se vai! E nós que nos esforçamos para descobrir tudo sobre todos e o abismo de consistência de tantas outras almas. Bofetadas, gretas, dores e rasgos, o coração parece estar em pedaços. Pergunto-me se é possível este mesmo funcionar outra vez, se é possível esbofeteá-lo outra vez com alegria, vitalidade e optimismo…
Assim coleccionando os pedaços do meu coração e juntando-os. O que a vida me ensinou a amar, sem causar danos, seguir vivendo mais forte, a vida com experiências ricas ensinou-me a chegar mais perto da outra gente e que as nossas histórias têm tantas coisas em comum. É estranha, mas é realidade que um coração quebrado pode amar mais perfumadamente. As gretas trazem-nos o significado da existência das nossas vidas, como estas gretas abrem caminhos que unem os corações humanos, caminhos que se tornam possíveis e permitem viajar pelo puder do Amor... O Amor que se produz em todos os corações, permite-nos curar e ganhar como um só!



Titulo (Lichtblick) & ( Belen ) & ( Grua )

Lichtblick (Coleccionista: Jurg Meyer) Zürich 2007Titulo ( Lichtblick)




Titulo ( A Grua )


 
 

Titulo (Sebastian) & ( Dorian )




(Dorian) pertence ao Coleccionista Rolf Senti 2006Titulo ( Dorian )

Freiheit - Liberdade

Freiheit - Liberdade 2009 “Freiheit” (Liberdade) altura de dois metros e 66 kg de peso. Foi executada com tubos de água e no topo, adornada com um enorme “diamante” de vidro.

Sklptur von Jorge Campos
Freiheit (lateinisch libertas)wierd in der Regel verstanden als die können.Sie ist eines der kostbarsten Güter,die ein Mensch in seinem Dasein auf seinem Weg in dieser Welt bekommen kann.

Diese Skulptur wurd teilweis aus Materialien geschaffen,die keiner mehr wollte,die unbrauchbar,defekt waren.Herr Campos besitzt die Fähigkeit,etwas Kaputtes wieder zum Leben zu erwecken,etwas Einmaliges,Wundarbares zu schaffen.
Auch World of Imagine hat sich das Ziel gesetzt etwas zu bewegen...Mit ganzem Herzen setzt sich Wold of Imagine für den Schutz wehrloser und verletzlicher Kindern ein.Es ist uns ein besonderes Anliegen,gerade denen,die sich selbst nicht zu Wehr setzen können,Unterstützung zu geben.Und jedes Augenpaar,in welchem wir wieder Hoffnung und Freude sehen können,jedes Kind,für das das Leben wieder Sinn bekommt und lebenswert erscheint,ist all die Mühe,all unser Tun wert!
An unserem exlusiven /A midsummer Night`s Dream`Ball,der am 22.08.2009 IM/The Dolder Grand stattfindet,wird aus diesem Grunde eine Verlosung stattfinden,für die unter Anderem die Skulptur (Libertad)von Jorge Campos im Wert von 10.000 als Preis zur Verfüng gestellt wird.Jorge Campos Werk Lbertd steht hier für die Hoffnung und das Recht auf ein Leben in Freiheit und das Streben nach Glück.

Jorge Campos und Ihr World of Imagine Team...

Pintura sobre tela - Sitting Bull

 Pintura sobre tela - Titulo ( Sitting Bull )



(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODAS AS OBRAS D'ARTE, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)